Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2010

O peso de pó acumulado...

Mais um livro para encher de pó nas nossas estantes...

2009 já está fechado e à espera de sequela, novo ano 2010!

Nao deixa de ter alguma piada, ver o passar dos diferentes segundos, acobardados pela chegada dos novos tempos de mudança, esperança, de tudo o que incessantemente quisemos alcançar no tempo que passou e se escreveu no livro que agora se encontra fechado.

As multidões rejubilam de alegria e furor com o acontecimento do ano, nesse dia chovem promessas, resoluções, atiram-se passados para trás das costas e muitas vezes até se cometem excessos e erros por ser uma altura de passagem única no ano, acreditam mesmo nos novos inícios e eternos recomeços, segundas, terceiras e infindáveis oportunidades de mudança.. agora é que é, este ano vai ser diferente..e assim permanecem ano após ano...   ...capitulo após capitulo...  sem se lembrarem do que já escreveram para trás...

O passar do "ano" é todos os dias, todos os segundos, todas as paginas da nossa vida, todos as minúsculas e quase inexistentes fracções de tempo onde escrevemos uma decisão qualquer e com isso iniciamos um outro percurso, mesmo que muito próximo do que tínhamos anteriormente escolhido e percorrido. Esse sim, é o nosso "fim de ano" o nosso "fecho de capitulo", não é aquele que todos comercialmente comemoram e gastam mais do que podem porque é uma altura do ano que só acontece uma vez.

Realmente é, não conheço mais nenhuma altura onde seja 31 de Dezembro no que nesse mesmo dia, e por piada, só volta a repetir no ano seguinte, vá-se lá perceber estas coisas.


 


Escrito por Alma às 03:00
lnk | comentar | Escritos favoritos
|
3 comentários:
De Andreia a 18 de Janeiro de 2010 às 11:39
olha... ainda és vivo? ;) vê lá se abres um capítulo novo em que ligas aos amigos!! É só uma sugestão.


De Manuel a 26 de Fevereiro de 2010 às 17:47
A vida segue o seu curso e cada lição nos muda os gostos as tendências e os objectivos. No fim seremos mais do que no inicio. Mudamos de zona, de emprego, de cidade e até de amigos, mas há pessoas que nos deixam sempre muitas saudades e de quem nos recordamos com amizade apesar da distância.
Um grande abraço deste teu amigo de infância.
Manuel


De dark queen a 18 de Maio de 2010 às 17:15
O mais difícil está em virar a página e ter a coragem de começar de novo...

beijo


Comentar post

Quem sou ?


ver Alma

seguir perfil

. 1 seguidor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Ultimos escritos

Seria por um dia...

O peso de pó acumulado...

Filhos de Putagal

passagem...

... Fim?

Saudade incompreendida...

viste ?

Nao esqueci...

Coisa Nenhuma

... e o tempo quando pass...

O nosso Portal


Pórtico

tags

todas as tags