Quarta-feira, 11 de Outubro de 2006

... e o tempo quando passa, passa para todos...

Pois assim seria, mas e quando encontramos alguém do nosso passado, alguém que tanto amámos e perdemos devido a razoes tresloucadas do improvável, historias que ficaram por contar e palavras por dizer... aconteceu

O tempo passa, muito tempo, mais de uma dezena dos poucos anos que temos, e de repente depois de todo este tempo está ali, igual. Sim, Igual, não mudou, não nada, nada.. está ali, aquela pessoa que já não tinha imagem em minha memória, que não era nada senão um sentimento que teimava em perdurar, uma fotografia cinzenta gasta pelo tempo,, mas agora está ali, a mesma voz, as mesmas expressões , o sorriso de que não me lembrava mas tanto significa, tudo ....e tudo voltou tão de repente, com tanta força que moveu o tempo por meros instantes.. o tempo não passou.

Mas infelizmente o relógio não pára, mesmo que dê a ilusão de o fazer, o tempo passou e passou bastante, suficiente para mudar-mos tudo varias vezes, sermos diferentes e talvez fazer um ciclo completo e parar-mos no mesmo momento, num outro ponto linear. não sei, sei lá eu.. só sei que o tempo não volta para trás 

 

sinto-me: entre dois mundos
música: Swallow the sun

Escrito por Alma às 13:56
lnk | comentar | Escritos favoritos
|
11 comentários:
De Necare a 11 de Outubro de 2006 às 21:55
Exacto, o tempo não volta para trás e as pessoas não são mais o que eram, ou pelo menos o que seriam para nós no passado.

Fica bem


De Alma a 18 de Outubro de 2006 às 03:53
Tens toda a razao Necare, as pessoas mutam a cada instante, e o passado é exactamente isso, passado, algo que lá ficou e nao passou para o presente. Nem as coisas sao as mesmas, nem nós proprios somos os mesmos.



De shell a 11 de Outubro de 2006 às 23:19
Não podemos mudar o passado mas temos todo o tempo do mundo para construir o futuro. Se calhar podemos (e devemos) começar a construi-lo desde já... Nada acontece por acaso, a vida coloca-nos situações que, aos nossos olhos, são incompreensíveis mas que têm as suas razões de ser...

Por vezes parece que o céu nos cai em cima, mas entretanto reparamos que afinal era só uma nuvem negra que passou por cima das nossas cabeças e está cada vez mais longe... Até se desfez e o sol já brilha radioso :)

Beijinho


De chaka a 11 de Outubro de 2006 às 23:50
entao temos que aproveitar o tempo que existe agora. e nao cometer os erros que cometemos no tempo que passou. mas eu nao sei, sou uma 'miuda' ainda.


De ME a 12 de Outubro de 2006 às 14:53
UH?!?! ;)

beijinho


De chaka a 12 de Outubro de 2006 às 23:51
" Passou tempo. Como pode passar tempo quando tudo no mundo parou? Os lugares, os gestos, perdem sentido, e o tempo, como uma inclemência maior do que a morte, passa nas casas mais distantes e, pior, passa dentro das coisas paradas e impossíveis. Todos os homens deixa, depois de si, o tempo. Nas suas memórias mortas, o passado mistura-se com o presente. No mundo, o tempo é imparável e é sempre presente. O tempo corre parado. A eternidade existe agora. A eternidade do tempo é igual a este preciso instante. "

"Uma Casa na Escuridão"; José Luís Peixoto


De Ale Posselna a 14 de Outubro de 2006 às 17:01
Talvez o tempo não volte para trás para que não repitamos os mesmos erros, os mesmos gestos. Vivamos o presente.


De Dark-me a 17 de Outubro de 2006 às 23:56
O tempo não volta a trás, o passado não se apaga mas acções, essas podem sempre ser melhoradas.
Dark kiss


De Inominável Ser a 19 de Outubro de 2006 às 00:44
Inomináveis Saudações, Alma.

O Deus Tempo, Cronos,
Caminhante Maior Das Esferas,
Transitando entre nós,
Demonstrando nossa fraqueza,
Demonstrando nossa pequenez,
Alimentando nosso túmulo,
Já preparado desde que
Nascemos já mortos
Neste mundo de mortos
Que se dizem vivos...

O tempo passando... O tempo, inexoravelmente, nos submetendo ao seu poder intenso de nos fazer seus seguidores contrariados... O tempo, efetuando em nós as suas obras de construção, destruição, contração, expansão, tomada... E quando vemos, verdadeiramente, ele passa e nós nos sentimos como que vencedores ou derrotados. Vencedores são os que fizeram do tempo que diante deles passava uma possibilidade de novas descobertas para si e para o bem geral dos que o cercavam. Derrotados são os que aceitam a crueldade que ensina do tempo, achando totalmente negativa tal crueldade do passar do tempo e assistindo ao passar de todas as coisas em seu existir de modo estático, desprovido do sentir, desprovido da força do aprender através do sofredor passar do tempo. Poucos são os vencedores. A maioria humana é de derrotados.

Saudações Inomináveis, Alma.


De EU a 26 de Outubro de 2006 às 19:41
Acho que sei quem é esta pessoa que escreveu 'inexoravelmente' :)


De EU a 26 de Outubro de 2006 às 19:40
Mas que raio de blogue é este que o TEMPO PASSA mas nada cá se escreve!?!!?

:P

eh eh eh


Comentar post

Quem sou ?


ver Alma

seguir perfil

. 1 seguidor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Ultimos escritos

Seria por um dia...

O peso de pó acumulado...

Filhos de Putagal

passagem...

... Fim?

Saudade incompreendida...

viste ?

Nao esqueci...

Coisa Nenhuma

... e o tempo quando pass...

O nosso Portal


Pórtico

tags

todas as tags